Roteiro pelo Rio de Janeiro dos cariocas

Que o Rio de Janeiro continua lindo, todo mundo sabe! É um cartão postal não só do Brasil, mas do mundo, com lugares de tirar o fôlego e belas visões das montanhas e do mar. Não é à toa que a cidade recebeu da Unesco, em 2012, o título de Patrimônio Mundial, na categoria Paisagem Cultural Urbana.

É impossível visitar o Rio sem passear pelo calçadão de Copacabana, com suas pedras desenhadas de forma curvilínea, ou sem observar a beleza da Cidade Maravilhosa do alto do Pão de Açúcar ou do Cristo Redentor. São passeios essenciais, que todo turista deve fazer. Mas os encantos do Rio de Janeiro vão muito além. Diversos cantos da cidade revelam o jeitinho de ser dos cariocas e as delícias da comida brasileira, como o amado brigadeiro e a famosa caipirinha.

Abaixo, você vai encontrar as melhores recomendações de anfitriões do Airbnb para conhecer o Rio e ter experiências como um local durante a Olimpíada:

Palaphita Kitch: No restaurante Palaphita, você encontra um refúgio amazônico às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio. Além de coqueiros e plantas espalhadas pelo ambiente, o quiosque conta com móveis rústicos, feitos de pau-a-pique, sapê e piaçava, oferecendo aos clientes a sensação de estar no coração da floresta. Lá, é possível experimentar diversos ingredientes típicos da região norte do país, como tucupi, jambu, mangarataia, cupuaçu, macaxeira e tambaqui, tudo preparado e apresentado com requintes da alta cozinha. É uma explosão de sensações!

Angu do Gomes: Se a sua intenção é comer a típica comida de boteco carioca, o Angu do Gomes é o lugar ideal. Enquanto você senta em uma mesinha no Largo de São Francisco da Prainha, zona portuária do Rio, pode curtir a boemia da cidade e escutar a música popular brasileira, além de experimentar o famoso angu, carro-chefe da casa. O angu é um prato feito de papa de farinha de milho, servido com carne ensopada com miúdos de porco, mas também há opções com calabresa, frutos do mar, frango e carne de soja, especialmente para os vegetarianos. Se a sua ideia é comer porções, não deixe de provar o bolinho de feijoada com couve e a kafta com torrada de alecrim. Com mais de 60 anos de historia, o Angu do Gomes é um boteco que faz parte da história do Rio.

Museu do Amanhã: Não deixe de visitar o novo cartão postal do Rio de Janeiro, o futurista Museu do Amanhã,  que foi inaugurado em dezembro do ano passado na nova Praça Mauá, zona portuária da cidade. O museu futurista, com o design que lembra uma bromélia, oferece aos seus visitantes uma narrativa sobre a história do planeta e sobre como poderemos viver nos próximos 50 anos. Muitas questões são levantadas, como “De onde viemos?”, “Quem somos?”, “Onde estamos?”, “Para onde vamos?” e “Como queremos ir?”. O Museu do Amanhã está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, com encerramento da bilheteria às 17h; Para não precisar ficar horas na fila, você pode comprar os ingressos pela internet.

Escadaria Selarón: Cenário de diversos clipes e filmes, a escadaria Selarón é um dos pontos turísticos mais conhecidos e característicos do Rio de Janeiro. Localizada no bairro da Lapa, a Escadaria Selarón começou a ser construída em 1990 pelo artista plástico chileno Jorge Selarón, que criou diversos mosaicos coloridos com ladrilhos de cerâmica. A escadaria liga o bairro boêmio da Lapa ao convento de Santa Teresa.

Arcos da Lapa: Que tal aproveitar a vida noturna do Rio de Janeiro tomando uma cerveja nos barzinhos da Lapa? É uma ótima forma de conhecer a cultura e a música local. Lá, você também encontrará os Arcos da Lapa, uma das memórias vivas do Rio antigo. A construção, considerada a maior obra arquitetônica do período colonial, tem 270 metros de extensão e conta com 42 arcos duplos de alvenaria construídos por índios e escravos no século 18.

Samba na Pedra de Sal: Na mesma região do Angu do Gomes, há um tesouro carioca pouco conhecido pelos turistas: o Samba na Pedra do Sal. Toda segunda-feira, as ruas da região tornam-se palco de animadas rodas de samba. Ao pé da pedra, que outrora fora um local de desembarque de sal e mercado de escravos, músicos se revezam para tocar o típico samba do Rio de Janeiro. O local possui casas antigas bastante coloridas, além de uma escadaria e a histórica ladeira de pedra, onde as pessoas se reúnem para curtir o som e mostrar samba no pé.

Aprazível: Localizado no ponto mais alto do morro Santa Teresa, o restaurante Aprazível é bastante apreciado por cariocas e turistas que visitam a cidade. O lugar impressiona pela sua decoração, que tem um ar de casa da fazenda, e pela vista encantadora do Centro e da Baía de Guanabara. Os pratos do Aprazível refletem a diversidade da culinária do Brasil, com toques da cozinha internacional. Eles são feitos com elementos tropicais e alimentos orgânicos de plantio sustentável, além de ingredientes típicos de diversas regiões. No restaurante, é possível experimentar entradas de palmito fresco assado com pesto, azeite, manjericão e castanha-de­-caju ou escondidinho de carne seca com batata baroa. Entre os pratos principais destaca-se a galinhada caipira, com arroz de galinha caipira e linguiça mineira, além da moquequinha do Rio, feita com peixe da estação cozido ao molho de leite de coco natural.

Parque das Ruínas: Também em Santa Teresa fica o Parque das Ruínas, com atividades artísticas voltadas para crianças e adultos, como artes visuais, artes cênicas, música, dança e cinema. O lugar conta com teatro, galerias de exposição, palco externo, jardins, terraços panorâmicos e um mirante onde é possível deslumbrar a beleza do bairro e do contorno da Baía da Guanabara. Se você for à Santa Teresa, vale a pena a visita.

Zazá Bistrô: Situado no coração de Ipanema, o Zazá Bistrô é um restaurante tropical, de decoração muito colorida e alegre, que possui uma cozinha contemporânea caracterizada pelo uso de alimentos orgânicos, com toques asiáticos. Entre as entradas, destacam-se o ceviche de peixe branco com guacamole e os croquetes de cordeiro com chutney de tamarindo. Não deixe de experimentar a costela de porco e lagostins grelhados servidos com ragu de favinho de feijão verde ou o atum fresco marinado e selado com purê de batatas e wasabi, sagu de beterraba e couve crocante.

Muro do Bar Urca: Que tal observar o pôr do sol na Cidade Maravilhosa? No Bar Urca, é possível saborear alguns petiscos, tomar uns drinks e bater um papo com os amigos sentado no muro do local. A vista é incrível: o bar está localizado em um lugar privilegiado, à beira da Baía de Guanabara, com vista para a Enseada de Botafogo e com o Cristo ao fundo. Dá para se sentir e viver a beleza da cidade!

One thought on “Roteiro pelo Rio de Janeiro dos cariocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up