Dicas para a saúde bucal dos pets

Compartilhe!

É comum a falta de higienização dos dentes de cães e por isso, a doença periodental é um dos problemas mais recorrentes da prática veterinária. Segundo a Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (ABOV), oito a cada dez cães apresentam infecções na gengiva e, de acordo com a American Veterinary Dental Society (AVDS), cerca de 80% dos pets precisam de tratamentos dentários após os quatro anos de idade.

A veterinária Fabiana Zerbini, da Virbac do Brasil, explica que normalmente os proprietários dos pets deixam de fazer a higiene oral por falta de tempo. Atualmente, temos disponível no mercado, produtos extremamente palatáveis que facilitam o cuidado com a saúde oral dos pets.

O que pode acontecer com a falta de higienização?
Por conta das bactérias formadoras do tártaro, os animais apresentam mau hálito, doença periodontal e podem até perder os dentes. Além disso, o tártaro, em contato com a gengiva, pode provocar inflamações e sangramentos. As bactérias da boca caem na corrente sanguínea, podendo causar doenças em outros orgãos como rins, coração, fígado e pulmões.

Como escovar os dentes dos cães?
– Consulte um veterinário
Antes de iniciar os cuidados com a saúde oral, é importante consultar um especialista. Ele vai examinar seu cão e sugerir o melhor programa para manter a boca do seu cão sempre saudável.
– A prática leva à perfeição
O cão precisa se acostumar com a escovação, portanto, o dono tem que ter paciência e deve falar palavras de incentivo, dar carinho e agrados para o pet se sentir à vontade e colaborar com a ação.
– Quanto mais cedo, melhor
A partir dos dois meses, deve-se cuidar da saúde bucal do pet mesmo com os dentes de leite, assim ele já se acostumará ao longo do crescimento.
– As escovas de dente precisam ser especiais
Para evitar danos nas gengivas do pet, o ideal é usar uma escova apropriada ou uma dedeira. O veterinário pode indicar a escova mais adequada para seu cão.
– Use somente pasta especifica para eles
Não pode, de maneira alguma, utilizar as pastas dentárias dos donos, pois elas contém muito flúor e sabão, o que pode prejudicar a saúde dos cães. Procure uma pasta de uso veterinário. Existem também algumas opções com sabor para estimular a escovação.
– Recompensa é sempre bem vinda
Brinque ou leve-o para passear depois de uma escovação realizada com sucesso.
– Escovações regulares são melhores que nada
Caso não consiga manter a escovação todos os dias, é indicado pelo menos três vezes por semana. Nesse caso, utilize outras formas de limpeza dental.
Cao_sorrindo
Quais os outros métodos para manter a higiene oral além da escovação?
– Opte por produtos palatáveis e de fácil administração
Existem no mercado produtos como tiras e comprimidos mastigáveis que eliminam o mau hálito e ajudam no controle da placa. Os donos também podem optar por enxágues bucais que podem ser diluídos e adicionados à água dos cães.
– Alimentação conta também
Alimente-o somente com rações de qualidade e ofereça brinquedos que ajudam a limpar os dentes, como os ossinhos e bolinhas de borracha.

Como escolher os produtos ideais?
– Peça indicações
O veterinário recomendará os produtos indicados para os problemas do cão.
– Opções Virbac do Brasil
A marca é líder mundial em odontologia veterinária e possui uma linha completa de saúde oral: Veggie® Dent – tiras mastigáveis que auxilia na limpeza dos dentes dos cães -, Aquadent® – enxaguante bucal -, a Pasta C.E.T.® – pasta dental com a exclusiva tecnologia C.E.T, combinação de enzimas que reforçam o mecanismo natural de defesa da boa, inibindo o crescimento de bactérias produtoras da placa e neutralizando os ácidos por elas produzidos-, Cooldent®, comprimido mastigável que elimina o mau hálito dos cães e Spiraphar® 10 – antimicrobiano indicado no tratamento de infecções bucodentárias, gástricas e intestinais de cães e gatos.

Scroll Up
0