Como escolher a bola certa para a criança

A chegada das férias é, para muitos, o momento de investir mais tempo no esporte preferido e as atividades que contam com o brilho da bola costumam largar na frente. Mas, especialistas alertam sobre a importância de estar atento às brincadeiras que envolvem a redonda, principalmente na fase infantil.

“A bola tem um caráter mágico. Muitas vezes é o primeiro brinquedo da criança. Entretanto, quando não é utilizada de acordo com a fase correta, a brincadeira pode até resultar em uma lesão”, pontua Douglas Moraes, professor de Educação Física que lida com crianças e adolescentes entre 02 e 16 anos, em escolas da rede pública e particular de São Paulo.

O especialista defende a escolha de modelos de bolas adequados à idade e alerta sobre suas funções no desenvolvimento neuromotor. Mais: segundo o profissional, a opção correta pode determinar até mesmo a identificação da criança com a prática esportiva.

Fique atento às dimensões: é fundamental que a criança pratique a atividade com uma bola que tenha tamanho e peso adequado à sua idade cronológica. Do contrário, além de desestimular a prática, a bola pode causar uma frustração do gesto motor ou uma lesão aguda ou crônica.

Acompanhe o crescimento: é produtivo utilizar bolas de diferentes pesos e tamanhos durante a atividade, mas o profissional precisa se atentar ao processo de crescimento da criança. É importante que a bola acompanhe esse crescimento para que se alcance o aprendizado adequado.

Prefira as coloridas: em fase de crescimento as crianças são muito sensíveis aos estímulos primários. E estímulos causados por figuras e objetos coloridos contribuem para aperfeiçoar as capacidades cognitiva e motora, entre outras funções. Com bolas não é diferente, o uso das coloridas contribui para a formação e facilita a manipulação do objeto.

Valorize o lúdico: a transição entre a brincadeira e a competitividade ou o rendimento precisa ser gradativa e respeitar os limites emocionais e físicos da criança, até para evitar que ela sinta dores, já que a dor limita o aprendizado das habilidades motoras.

Maior controle
Douglas indica a linha de bolas de iniciação da Penalty para o desenvolvimento de atividades esportivas em escolas, clubes e academias infantis. “São ideais para a introdução do público infantil à pratica de esportes. São mais vivas, quicam mais e o aluno desenvolve melhor o controle e domínio da bola” – afirma Douglas.

One thought on “Como escolher a bola certa para a criança

  • 30 de junho de 2017 at 07:06
    Permalink

    Howdy! I know this is kinda off topic however I’d figured I’d ask. Would you be interested in trading links or maybe guest writing a blog post or vice-versa? My website goes over a lot of the same subjects as yours and I believe we could greatly benefit from each other. If you are interested feel free to shoot me an e-mail. I look forward to hearing from you! Wonderful blog by the way!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up